Como o marketing médico pode impulsionar o seu negócio?

Comentários: 0 Data: 26 de novembro de 2019

As pessoas estão mundialmente conectadas, no Brasil somos mais de 100 milhões de usuários, mais de 70% das pessoas procuram e confiam nas informações que estão presentes no Google e somos o país que os usuários passam mais tempo nas redes sociais.

Se você não aparecer para essas pessoas, como elas saberão que você existe?

O que antes era possível apenas nos meios tradicionais (tv, rádio, revista), agora é possível de uma forma imediata. Assim, você tem a oportunidade de ter voz, de chegar até seu público, de apresentar os seus diferenciais e de aparecer para quem te procura.

Um questionamento bem corriqueiro, é se realmente existe a necessidade de ter um site próprio como “antigamente”, uma vez que já possuem contas no Instagram e Facebook, no entanto, é importante entender a função de cada uma dessas ferramentas para o seu negócio, para o seu público (clientes) e entender também o que chamamos de Jornada do Consumidor.

As redes sociais são como um outdoor, por exemplo, são mídias que deixam o cliente saber que você existe e com o que trabalha. Essa é a fase de captar a atenção e gerar interesse no público. Basicamente, nessa fase as pessoas terão consciência da sua presença no mercado.

Mas nenhuma consulta foi agendada ainda, correto?

Então daremos motivos para as pessoas (leads) irem até você. Trabalharemos a fase de Conversão. Nela, as pessoas (leads) vão buscar mais informações sobre você ou sua clínica e é justamente no seu site onde estarão reunidas todas essas informações, inclusive para links externos, que dão o aval do seu profissionalismo.

No entanto, nada adianta conquistar milhares de leitores se sua estratégia de marketing não for eficiente em convertê-los em clientes/pacientes efetivos. Isso porque tráfego sozinho não gera vendas, audiência não aumenta faturamento e sucesso não paga contas. É exatamente aí onde entra a importância da taxa de conversão de leads, sendo sua garantia de sucesso financeiro e oportunidade de crescimento.

Agora sim, chegamos à tão esperada fase de conversão, transformamos leads em clientes/pacientes, na qual todo o esforço das etapas anteriores se transformou em negócio.

Mas a jornada não para!

Agora é hora de garantir que o cliente/paciente tenha uma boa experiência desde o agendamento até a própria consulta ou utilização dos serviços em si, onde será construída uma relação de confiança e promoverá a fidelização e o boca a boca.

Acabou? Não!

Mantenha contato com seus pacientes através de ferramentas como, e-mail marketing ou WhatsApp Comercial, por exemplo, enviando mensagens informativas sobre a sua rotina profissional ou da sua clínica, conteúdos informativos de qualidade sobre a sua especialidade e avise quando estiver na época de uma nova consulta, cuide do seu cliente e mantenha assim sua marca na mente deles.

Entre em contato conosco e trabalhe com quem mais entende de Marketing médico!

Compartilhar essa publicação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *